Mônaco…


 

Vitória fácil (ou facilitada?) de Alonso. E sim, como o simpático e espirituoso 😛 Bruno já comentara, o treino de classificação é 80% da corrida.

Tinha sido assim nas corridas anteriores, foi assim nesse final de semana. Pole de Alonso, vitória de Alonso. Hamilton bem que tentou alguma coisa e andou feito um doido ( segundo ele mesmo deu 4 ou 5 toques no guard-rail durante a prova). Mas não teve para ele. Como muitos já previam a perfeição das primeiras provas foi finalmente maculada. Por uma senhora cacetada na Sait-Devót na quinta, e pelas diversas vezes em que por um nada não ficou no meio do caminho. Mas esteve longe de fazer feio, com tempo ele vai amadurecer e pobres do outros pilotos…

Mas também houve um dedo de ajuda para a vitória de Alonso pela McLaren. As noticias pós corridas dão conta de uma mudança de estratégia da equipe para Hamilton (que deveria fazer uma só parada nos boxes, alias note o detalhe, estratégia e combustível para uma só parada e o moleque fica só a 0.179 s  atrás do pole!!!) com o intuito de mantê-lo atrás de Fernando Alonso. O próprio Hamilton estranhou a ordem: “Fiquei surpreso, porque tinha combustível para mais umas cinco voltas e me chamaram antes. Não pude abrir uma boa vantagem e vou conversar com o time para saber por que fizeram isso”.

Ron Dennis explicou: “Normalmente não fazemos isso, mas como é Mônaco, e nos últimos cinco anos tivemos quatro entradas do safety-car nesta corrida, tivemos de decidir antecipadamente qual dos pilotos lutaria pela vitória.Por isso foram duas estratégias diferentes. Como equipe, sempre liberamos a competição. Mas Mônaco requer uma visão mais disciplinada para conseguir marcar o máximo possível de pontos, e é o que fizemos.”

Ao que parece a decisão da equipe (que por mais que nós torcedores da boa F1 adorássemos a ideia de que isso pudesse não acontecer) de que Hamilton será nesse ano apenas um escudeiro de Alonso.

No mais, uma boa corrida de Fisichella chegando em 4° lugar, de Raikkonem, que depois da burrada de sábado largou só em 15° e chegou em 7° marcando um ponto, a mesma porcaria de sempre da Honda, de Kovakleinem, de Speed, de Albers e etc… e claro, mais uma procissão sem ultrapassagens. Por todos o lugares se lê a mesma coisa “a corrida foi chata”. E foi mesmo.

Felipe Massa? Um  terceiro lugar insípido, inodoro e incolor… exatamente igual ele. (falo mais sobre o rapaz nos próximos posts).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s