Aquecimento Aerosmith I


 Sacramento 12.17.06

Já checou seu ingresso para os shows do Aerosmith e Velvet Revolver na próxima quinta-feira na capital paulista? Que será bom, ninguém duvida, mas o que todos se perguntam é… o que eles vão tocar? Vamos arriscar uma previsão…

Bem, mais de uma década atrás, o Aerosmith desembarcou no Brasil para tocar naquele lendário Hollywood Rock ´94, que também trazia pela primeira vez bandas do naipe de Poison, Robert Plant e Ugly Kid Joe. E teve aquela palhaçada do Max Cavallera pisando na bandeira brasileira, e teve a prisão, e… várias outras coisas que vão ficar para um próximo post.

O fato é que os caras tocaram isso aqui:

Eat The Rich
Young Lust
Rag Doll
What It Takes
Fever
Monkey On My Back
Amazing
The Other Side
Cryin’
Boogie Man
Shut Up And Dance
Walk On Down
Mama Kin
Janie’s Got A Gun
Love In An Elevator
Dude (Looks Like A Lady)
Sweet Emotion
Dream On
Livin’ On The Edge
Walk This Way

 Inesquecível, vibrante, histórico. Mas muito tempo se passou, vieram outros álbuns e agora os fãs antigos tem receio de que surjam coisas como Jaded, Girls of Summer e Avant Garden no show de quinta.  Há ainda os mais inspirados que sonham ouvir Honkin on Bobo na íntegra, dispensando o óbvio. O fato é que não veremos nem um, nem outro.

 Antes de tudo, no release divulgado a imprensa ficamos sabendo que trata-se de um show da turnê Route of All Evil. Lançada em setembro/2006, a lucrativa tour norte-americana já foi vista em mais de trinta cidades, com sold out em todas as casas.  O resultado foi o adiamento das gravações do novo álbum e a inclusão na agenda de mais alguns shows fora do circuito tradicional, o que para nossa alegria incluiu apresentações sul-americanas. E melhor ainda, com abertura do VR.

 O certo é que o show vai durar cerca de uma hora e meia e estão garantidos Livin´ on the Edge, Janie´s Got a Gun, Sweet Emotion, Walk This Way, Dude (Looks Like a Lady), Rag Doll, Love in an Elevator, Cryin, What it Takes e Dream On. Ao menos é o que está no release oficial e também na publicidade do show em geral. Claro que não serão apenas essas, já que normalmente os caras tocam pelo menos quatorze músicas e quando fazem turnês internacionais costumam esticar para dezesseis, dezoito e até vinte.

 Olhando recentes sets norte-americanos, entretanto, sentimos constantes e relevantíssimas ausências de músicas como Mama Kin e Train Kept a Rollin, mas como Rag Doll e Livin on the Edge também não são tocadas ao-vivo há muito tempo e foram incluídas no release, arrisco que podemos esperar um show mais generoso do que o que vem sendo feito por lá. Não que as apresentações recentes tenham sido ruins, mas são o que um público que pode ver o Aero durante o ano todo quer: músicas diferentes, blues e apresentações intimistas.

 O fato é que por lá ninguém aguenta mais os clássicos que nós aqui estamos loucos para conferir. Daí a opção por sets mistos, formados basicamente de Toys in the Attic, Walkin’ The Dog, Love in an Elevator, Cryin’, What It Takes, Baby Please Don´t Go, Stop Messin Around, Seasons of Wither, Dream On, Last Child, Sweet Emotion, Draw The Line, Walk This Way, Thighs e Helter Skelter. Aqui talvez role um ou outro desses blues aí no meio, mas o mais provável é um show basicamente conservador com algumas músicas mais recentes também. Melhor para nós.

Quanto ao Velvet Revolver, melhor seria impossível. Suas apresentações vem sendo bastante estáveis, com poucas composições próprias do debut Contraband, de 2004, mescladas a vários covers do Guns n´ Roses, Stone Temple Pilots e similares. Algo mais ou menos parecido com isso:

Sucker Train Blues
Do It For The Kids
Headspace
Superhuman
Crackerman
Illegal I Song
Fall To Pieces
Dirty Little Thing
Big Machine
It’s So Easy
Sex Type Thing
Set Me Free
Used To Love Her
You Got Not Right
Mr. Brownstone
Slither

 Bão? Talvez role também uma ou outra música no novo álbum – Libertat – que vem sendo prometido para junho nos EUA. Por enquanto, nenhum boato sobre o setlist, mas pela movimentação nos fóruns em geral o que todo mundo espera mesmo é que os caras toquem muito Guns!!

Anúncios

2 comentários sobre “Aquecimento Aerosmith I

  1. meo,amo aerosmith,acompanhava eles desde meos 13 anos!
    ehehehe
    fodddaaaa!
    más o velvet revolver eu nem curto não!
    ehehhehehe
    bons shows!
    depois me conta como foi hein!
    ehehehe
    cheers

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s